O mês de junho é mês de conscientização da preservação do meio ambiente. A data, 5 de junho, foi definida em uma conferência da Organização das Nações Unidas (ONU), realizada em Estocolmo, em 1972, com o objetivo de chamar a atenção para os problemas ambientais e para a importância da preservação da natureza. No entanto, durante todo o mês são realizadas ações de conscientização. Além disso, todo o dia é dia de cuidarmos do nosso planeta, não é mesmo?

O objetivo dessa campanha é aproveitar ações individuais e transformá-las em um poder coletivo que tenha um impacto real e duradouro no planeta. Para proteger o meio ambiente, não é necessário ter muito dinheiro ou participar de alguma organização que luta pelo planeta, basta querer e fazer sua parte. Aqui na Região da Pampulha, por exemplo, onde temos uma fauna e flora ricas e diversificadas, é importantíssimo que todos que vivem ou passam por aqui ajude a cuidar do nosso meio ambiente. Por isso, listamos  7 atitudes que você pode realizar no seu dia a dia para ajudar o planeta!

1.Não jogue lixo nas ruas ou no entorno da lagoa.

Isso causa poluição, doenças, morte de animais e crescimento dos índices de enchentes. Está tomando uma agua de coco na margem da lagoa ou fazendo um piquenique? Caso não haja lixeira por perto, guarde o lixo até chegar em casa.

2. Ande mais a pé ou de bike

Veículos automotores liberam muitos poluentes para a atmosfera, sendo assim, é fundamental, sempre que possível, optar por ir a pé ou quem sabe de bicicleta. Aproveite para contemplar as belezas do nosso entorno, preservar o meio ambiente e ainda realizar uma atividade física.

3. Não desperdice água

Você já pensou em quanta água é desperdiçada quando tomamos banhos muito demorados ou quando deixamos um vazamento em nossa casa por dias? Atitudes simples podem evitar o desperdício, como: a redução do tempo de banho, o aproveitamento da água da chuva, a reutilização da água da máquina de lavar e a lavagem de carro utilizando baldes com água em vez de mangueiras.

4. Separe o lixo

Separar o lixo orgânico do reciclável é essencial para garantir a destinação correta de cada produto. Reciclar um produto é muito melhor para o meio ambiente que fabricar outro, uma vez que economizamos recursos naturais e diminuímos o lixo no planeta. Fazer a separação adequada o lixo ajuda bastante para que muita coisa seja reciclada.

5. Não compre animais silvestres

Alguns animais silvestres são diferentes e apresentam uma beleza incrível, não é mesmo? Entretanto, nem sempre esses animais podem ser comercializados. Quem compra animais sem registro do Ibama pode ser multado ou até mesmo preso. Muitos dos animais que são vendidos sem autorização vêm do tráfico de animais, uma prática que ameaça muito a biodiversidade.

6. Evite o uso de produtos descartáveis e sacolas plásticas.

O uso desses produtos, apesar de bastante prático, contribui para o aumento da produção de lixo. No que diz respeito ao uso de sacolas plásticas, ao fazer compras, leve sua própria bolsa de pano ou lona para evitar desperdícios.

7. Escolha um lugar para morar onde se preocupam com o meio ambiente

Residencial Lares da Mata

Hoje em dia existem residenciais que reúnem uma série de procedimentos sustentáveis, como por exemplo, a preservação de nascentes, e agrega conceitos de morar bem, com qualidade de vida para os futuros moradores. Com apenas 28 casas, o Residencial Lares da Mata, na Pampulha é um exemplo nesse sentido. Ele inova em todos os detalhes e pretende contribuir para que a região da Pampulha recupere seu valor cultural, paisagístico e social, sem comprometer o futuro das próximas gerações. Quem adquire uma casa, compra um empreendimento estruturado, com segurança e sustentabilidade em todos os processos, respeitando o meio ambiente. As casas contam com placas fotovoltaicas para geração de energia, com possibilidade de até R$400,00 de economia na conta de luz. O condomínio possui reservatório de captação de água de chuva e uma nascente totalmente preservada que jorra 30 mil litros de água/dia, coleta seletiva de lixo e de descarte de óleo de cozinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *